Hungria Hip Hop, MC Ruzika – Depois das Onze

Ouça no seu app favorito: https://orcd.co/universoparticular Se inscreva no canal e ative o sino de notificações para não perder nenhum lançamento. Acompanhe a playlist oficial da Best no Spotify! http://spoti.fi/2V9uoeA Siga @hungria_oficial Produção Executiva: Best Produções e MVR Produções Ficha…

0
(0)

Ouça no seu app favorito: https://orcd.co/universoparticular
Se inscreva no canal e ative o sino de notificações para não perder nenhum lançamento. Acompanhe a playlist oficial da Best no Spotify! http://spoti.fi/2V9uoeA
Siga @hungria_oficial

Produção Executiva: Best Produções e MVR Produções

Ficha Técnica Áudio:
Compositores: Hungria, MC Ruzika e André Nine
Beat: André Nine
Mix e Captação: André Nine
Master: Brendan Duffey
Produção Fonográfica: Best Produções / MVR Produções

Ficha Técnica Video:

Direção: Mateus Rigola
Produção: Luan Raphael
Edição: Mateus Rigola
VFX: Tiago Kuurtz
Assistente de câmera: Jeff Rodrigues
Assistente de Produção: Guilherme Zampieri
Figurino: Samara Manzano e Gabbi Barbosa
Assistente de Figurino: Giovanna Barbosa
Direção de arte: Patrícia Rodrigues
Contra Regra: Welber da Silva e Evandro Pedro
Fotografia Making of: Alef Santz
Making of: Alef Santz
Maquiagem: Tatiana Bombarda
Casting: Thaynara Carvalho
Apoio: B&B Multimarcas
Locacão: Garagem automática da Luz
Motorista: Bruno Fechamento

Letra:

Quem já me viu de pé descalços entre os carro e os farol
Depois das 11 na fronteira ai ai
E quem já fez do papelão do chão virar lençol
3 filhos de uma mãe solteira ai ai
Quem desacreditou viu a língua queimar, igual pneu de panamera
Quem já morreu de rir vai morrer de chorar, três filhos de uma mãe solteira ai ai
Roda gigante do mundo, muda em questão de segundos, às vezes até confundo
Gente falsa réplica do Paraguai, mundo, vendendo meu conteúdo
As nave pisando fundo
Nóis vende mais que bocada, nóis vende cocada no Spotify
Assaltei com papel e caneta vou de croco na minha camiseta
Fim de noite é no 5 letra, minha origem é favela ai ai
Essa foi golaço na gaveta
Os foguete é de outro planeta, faço minha caminhada sem treta, sou cria de favela ai ai
Meu progresso é um tapa na cara, nosso som os alarmes dispara, é que nóis não tem linha chilena mas nós corta bem mais que navalha
Tô de férias na ilha de caras, tô de cara com as mina que para
E já manda avisar o gerente essa conta hoje nós que ser paga
Falam do progresso mas são poucos que vê meu suor, nos dedos da mão eu conto poucos que não deixam só
Falsidade é mato, mas no mato é fogo sem dó
Comida no prato até faltava, hoje tá bem melhor

Quem já me viu de pé descalços entre os carro e os farol depois das 11 na fronteira ai ai
E quem já fez do papelão do chão virar lençol
3 filhos de uma mãe solteira ai ai
Quem desacreditou viu a língua queimar, igual pneu de panamera ai ai
Quem já morreu de rir vai morrer de chorar, nas festas de segunda feira

Já pensou nós na praia, emotivo mas sem coração
Manda uma selfie lá pros meus irmãos
Cerveja gelada e porção camarão, hoje tem condição
Não vai falar que eu não mereci, eu tava lá, tu também tava
Tu não foi tive que ir
Eu e o Hungria numas ideia distante, dinheiro é consequência de umas ideia brilhante
Eu sei dos banco, dos cara que assaltam banco, e os banco de couro do Jaguar, e na cara de merda que os playboy faz, o pretinho de R1 ta pra voar
Oscar Freire nós de Ferrari, cara de mau e perfume bvlgari, loira do lado, modelo, atriz
Onde eu passar por favor não repare.
Eu tenho compromisso às 23, vou comer sushi com a Dani e jantar no Paris 6
O mundo é só sombra pra quem não quer ver o sol
Pra chegar na quebra então abaixe o farol
Quem nunca sonhou ser jogador de futebol
Olhando pra luz igual folha de girassol
Quem desacreditou viu a língua queimar, igual pneu de panamera ai ai
Quem já morreu de rir vai morrer de chorar, nas festas de segunda feira
ai ai ai ai ai ai

0 / 5. 0